Crônicas

terça-feira, 27 de abril de 2010

Pequeno em tamanho, minúsculo em compreensão


Como somos pequenos diante de toda essa plenitude infinita. Pequenos em tamanhos e minúsculos em compreensão porque para compreender é preciso aceitar o inaceitável, corrigir o incorrigível, praticar o impraticável, neutralizar o indigesto e ver beleza na feiúra.

Para compreender alguma coisa é preciso perguntar também sobre essa alguma coisa, e perguntar sobre o universo é adentrar em uma camada abissal sem profundidade.

Encontrar respostas sobre o universo é engatinhar de Itacaré a Bariloche.

Repassemos nossas perguntas adiante, para uma nova e “mais compreendida” geração...

O Universo e o nosso universo de indagações e questionamentos:

Enquanto o telescópio Hubble completa 20 anos olhando o que há dentro do Universo. Nós viajamos impavidamente para dentro de nós, modificando o que há aqui fora, antes da luz irrevogável do fim do túnel.

Nos dividimos entre o tempo, o espaço a matéria e a vontade da matéria. Vivemos procurando soluções no mundo e muitas vezes encontramos dentro de nós um mundo de soluções. Nos perdemos dentro de um amor e passamos a vida a procurar essa perda. A vida se fez assim, vai saber... O designer desenvolveu a obra, e nós a olhamos da forma que bem queremos!

Aaah, o tempo e o espaço...

Que relação uniformemente concisa! O ápice de uma hipérbole pluralista e exata! Nascemos com pouca vida pra degustar e aproveitar tanta coisa feita por esse designer, e tanta coisa deixada pelo homem. Entretanto, o Universo das variações e das variedades também possui seus entreveros e os seus alertas: É melhor viver a sua vida intensamente porque a vida é muito curta pra viver a vida de outras pessoas!

Como somos pequenos e grandes diante de toda essa plenitude!

O mundo é uma ervilha quando associamos os encontros e os desencontros das nossas vidas com outras vidas conhecidas. Coincidência para quem assiste, adorno para quem protagoniza!

O Universo é uma gigantesca obra de Lego feita por um designer chamado sabiamente de Deus e nós somos uma pecinha que compõe essa inigualável perfeição. Um designer que tudo fez com telepatia, sem encostar-se a nada, porque nada que possua mãos ou raciocínio pode atingir a perfeição!

O Universo é infinito como a força de uma saudade, ou o poder das boas lembranças. Basta revirar a gaveta oriunda de um passado deixado para trás e se deparar com um cartão de Natal ou de aniversário para sentirmo-nos próximos de uma pessoa que não está mais próxima porque um dia esteve em um momento próximo que hoje nos reserva uma aproximação na memória e uma consternação no coração.

O universo e suas ambigüidades registradas em metáforas mal compreendidas pelo homem:

A infinita coloração de uma Galáxia - As nossas intermináveis divagações filosóficas / A ingenuidade de uma criança ao brincar de contar estrelinhas - As maliciosas intenções prescritas nas entrelinhas de um texto feito para uma saudade mal esquecida.

O universo e suas infindáveis opções, embaralhando e confundindo nossos sentidos:

O estrondo de uma Supernova, que pode ser visto a bilhões de anos luz, se propaga e fere tanto quanto uma ofensa desmedida, uma acusação injusta ou um dedo apontado na cara! A beleza sem fim de uma generosidade desprovida de propósitos entre desconhecidos é vista eternamente pela linguagem do coração. Não precisamos de visão para entender o coração!

E assim repassaremos nossas perguntas adiante, para uma nova e “mais compreendida” geração, que por sua vez, munidas de tecnologia e sabedoria virtual, encontrarão mais respostas do que nós encontramos num passado que ficou passado num presente distante...

O universo é um zoo galáctico fervilhante de criaturas, híbridos organismos, máquinas pensativas em um mundo de mentes impensadas, laptops ambulantes sem a certeza de quase nada. 

12 comentários:

  1. Entender o Universo. Como??Primeiro precisaríamos procurar entender o senso comum, a sabedoria das coisa ordinárias sobre as extraordinárias. O louco tenta explicar o universo e o cético segue em sentido contrário,não aceita certezas absolutas.É preciso amar o mundo sem saber exatamente porque. O otimista ama o mundo do jeito que é,sem querer mudá-lo. Já o pessimista acha que não deve mudá-lo porque é imobilizado pelo determinismo, para ele não adianta mudá-lo.Para Paine, grande filósofo que adoro ler :"O amor não unifica os homens , mas os diversifica para serem amados"
    O homem precisa prestar homenagem ao universo...porque o mundo é real e nosso primeiro mestre.

    ResponderExcluir
  2. existem coisas na vida que prefiro contemplar do que divagar...
    eu em geral desanimo de procurar respostas quando sei que nao vou encontra-las...
    e..acho que seria preferivel refletir sobre o que estamos fazendo com o planeta que nos serve de moradia...estamos detonando ele...
    cada dia que passa tenho mais aversao a humanos...rs!

    ResponderExcluir
  3. Comentar a respeito do que??Do universo ou de uma saudade??
    Alguns podem querer comentar sobre o Universo, as cores da Galáxia, e as estrelinhas que as crianças contam em céu estrelado de um dia de verão.
    Outras irão preferir comentar de um assunto mais fácil que é o tempo de um vida.
    Mas eu pergunto, sobre o que é mais DIFÍCIL comentar??Sobre o Universo que você não vê mais sabe que existe, se não você não seria vivo. Ou sobre o Tempo, que hora ou outra você tem dúvidas sobre o mesmo??
    Quem nunca parou, olhou para as estrelas e se perguntou sobre um tempo que não volta mais??
    Aquela lembrança boa, que ficará na lembrança ou algum dia voltará??Aquela pessoa que um dia estava presente voltará para a sua vida??Perguntas que não têm respostas,mesmo se perguntarmos para as próximas gerações, ao invés de obtermos mais respostas, teremos mais dúvidas iguais ou diferentes à estas. Ou podemos ainda perguntar sobre Constelações, ANOS LUZ,Anéis de Saturno,se Plutão é ou não é um Planeta??Com certeza para essas respostas existem físicos, astrônomos e interessados no assuntos que responderam com convicção. Mas será que é sempre bom ter uma resposta pra tudo??Ou viver a vida como uma caixinha de surpresas??Cada dia uma experiência nova,uma lembrança nova,um amor novo, tudo novo se você se permitir isso. Ou você prefere ter a certeza de que no dia 21/12/2012 o mundo realmente acabará em um piscar de olhos??Espero poder ler isso no dia 22/12/2012 e refletir sobre minhas novas lembranças, meus novos amores, perceber que ainda tenho muito o que viver. Afinal a copa é em 2014.Um comentário que tem mais dúvidas do que o próprio texto. É muito sábio ler um texto complexo e saber o que comentar. Esperto o que lê, e percebe que as dúvidas sempre existiram só não foram feitas. Não é só o Universo que é ambíguo, as perguntas são ambíguas, as pessoas, as dúvidas, enfim vivemos em um mundo de ambigüidade, enquanto você acha que o céu no momento por do sol é Laranja, outros acham que é vermelho. Enquanto para você ser AMANTE, é uma pessoa que ama descontroladamente alguma coisa, para outros é aquele que tem 2,3 casos de amor. Vivemos nesse Universo de dúvidas e opiniões diversas. Nunca saberemos as respostas de tudo. Basta viver a vida , o momento, o dia, o minuto, aproveitar ao máximo, para nunca se arrepender daquele momento não vivido, daquela pessoa não amada, daquele dia perdido em um sono profundo,Acorde e vá VIVER. Afinal 2012 está chegando e com ele MAIS dúvidas!!!

    ResponderExcluir
  4. Profundo - Dinâmico - Ambíguo!

    Adorei esse texto, mas é difícl entender o que vc busca através dele, ou o que podemos encontrar lendo ele.... rs

    ResponderExcluir
  5. Somos pequenos diante do TUDO.
    Talvez não acreditemos em certas coisas... Em céu... Em alguém que olha por nós... Talvez não acreditemos que somos mínimas particulas em um grande Universo.
    Talvez tenhamos um monte de perguntas sem respostas... Talvez ninguém tenha.
    O telescópio Hubble, foi a primeira missão da NASA... Ok. 20 anos... Está ótimo , po.
    AAHHAHHAAHHAH
    Aí começamos a falar de NASA, de Universo e todo bla bla bla...
    Aí vem o assunto se o homem pisou ou não na lua.
    hm*
    Eu acho que sim! Maaasss tem quem fale que não.
    AHAAHAHHAHHA
    SE quisermos... Sempre vamos conseguir elaborar perguntas sem respostas e duvidas e tudo mais.
    Não sei se é porque é moda ser do contra (igual na época da ditadura - um bando de estudantes de colegios particulares indo lutar pelo comunismo - só por moda), tá o assunto não tem nada a ver... Só que não resisti com a comparação.
    HAHAHHAHAAH
    Acho mesmo... Que depos que morremos, tem um lugar melhor/ ou não... Mas que a vida não acaba simplesmente. (Em alguns momentos devemos ter fé em algo para conseguirmos continuar de cabeça erguida)... Enfim.. Mas aí já é um assunto típico de religião...
    Acho que devemos viver a vida.
    Sim, o intervalo entre nascer e morrer é curto!
    Então devemos aproveitar.
    Errar, mas não passar vontade.
    Chorar, e não ter vergonha.
    Falar, e se depois arrepender, pelo menos não ficou com aquilo "engasgado".
    Reclamar, gritar, dançar, viver...
    Independente se somos ou não particulas de um Universo...
    Ou se somos apenaaaasss "pessoas"...
    Ou sejaa lá o que for...
    Simplesmente acredite no que quiser... E seja feliz com isso.
    Com suas crenças... Com suas duvidas... Ecc...

    ResponderExcluir
  6. brigadeiro...rs...28 de abril de 2010 10:55

    É tão imenso isso... que fica difícil comentar, qualquer cometário acho pouco pra tudo isso que vc. conseguiu abranger... foi bem profundo!
    Dispensa comentários...
    Como sempre, vc. é ótimo!
    Abraço forte!

    ResponderExcluir
  7. Deeper and deeper....

    Posso avaliar um texto desse em diversos ângulos.....

    Mas prefiro ficar com meus pts de vista pra mim... rs

    Muito show!!!

    ResponderExcluir
  8. Amei sua crônica, já falaram tudo que eu gostaria de falar.....

    Estou meio sem criatividade para escrever esses dias, mas está muito bom.....

    Bjos.....

    ResponderExcluir
  9. Uauuuuuuuuuuu!!! A força da saudade... parecida com a do Universo, realmente uma simples lembrança e o poder da energia do universo é que nos fazem saciar esse sentimento e amenizar essa saudade, tristeza, felicidade, esperança, que profundo isso....Nossa energia gira em torno dessa força, por isso temos que estar na mesma sintonia do Universo e do que desejamos....Essa força faz o mundo girar e nos encontrarmos mais próximo do nosso eu!!!
    Adorei...
    Bjss

    ResponderExcluir
  10. A negatividade estará sempre presente neste ciclo atual do mundo. O que fará a diferença é o quanto cada um de nós é capaz de enxergar além do controle, do poder, do ódio, da inveja, do ressentimento, da ira, da dor, da tristeza, da melancolia e de tantas outras ilusões que nos cercam.

    Todos nós queremos um mundo melhor, mas tudo depende da maneira como estamos desenhando o mundo neste exato momento. Tudo depende de como você está desenhando sua vida neste exato momento. Sua vida é muito importante para o Universo. Nunca acredite no contrário!

    Estejam em paz!

    Adorei o tema e tudo a respeito...PARABÉNS...BJOSSS...LI*

    ResponderExcluir
  11. Adorei o texto... Assunto complexo... rs...
    Acredito que cada pessoa tem seu próprio universo, sua maneira de ver cada pedacinho desse universo infinito. Acho que posso até dizer que cada um tem o seu infinito particular...
    O que é bonito para você, pode ser feio para mim. O que é errado para você, pode ser certo para mim. Acredito que ninguém tem a mesma visão. Por mais que sejam pensamentos parecidos a visão é sempre diferente em detalhes. Posso citar exemplos de livros que viram filmes, nunca é o que você imagina. A visão do autor ou diretor nunca é a mesma que a sua. Por isso livros são tão encantadores, você pode imaginar da forma que quiser.
    Como cada um "cria" seu próprio universo, acredito que todos nós temos escolhas. Você escolhe acordar de bom ou mau humor. Escolhe tratar as pessoas bem ou mal. Apesar de algumas escolhas serem impensadas ou inconscientes, nós podemos escolher como viver.
    Eu escolho o copo meio cheio sempre. Independente da situação sempre conseguimos achar um lado positivo, só precisamos procurar. Para isso precisamos ter força de vontade, para fazer o mundo mais colorido basta querer. Como dizem, a felicidade esta dentro de nós.
    Espero que todas as pessoas escolham a maneira mais "colorida" de criar seu universo, talvez assim o mundo seja bem melhor algum dia.

    Bjokassssss

    ResponderExcluir
  12. Como só leio os comentários depois de escrever, vou mandar outro... Ameiiiiiii o que a Bruna disse... Acredito que a dúvida dela foi a mesma de todos... Sobre o que escrever? A interpretação vai de cada um mesmo... E leva a diversos caminhos que viram textos enormes... rs... E concordo com ela em tudo... Sempre vamos ter dúvidas e perguntas, mas se soubéssemos tudo que graça teria viver???

    Bjokasssss

    ResponderExcluir