Crônicas

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A chatice mora ao lado


Nosso equilíbrio existencial como pessoas que convivem em sociedade (ou em tribos) está cada vez mais escasso diante de tantos chatos existentes em nosso dia a dia...

Vejam os estereótipos:

Os chatos diretos são os mais intragáveis: O cara mala intitulado de “O chato Super Bonder”, que gruda no teu pé e não descola nem com thinner; aquela mina mala intitulada de “A chata post it” que te inunda de recadinhos no facebook, Orkut, blog, celular... E os chatos indiretos do MSN e de outras redes sociais... Esses, bem mais fáceis de manipular, basta dar um clique e bloqueá-los da sua vida.

Pode parecer um exagero, mas existe um chato supremo diante de toda essa hierarquia social citada por mim. “O chato alfa” está do seu lado, na hora de abrir o portão da tua casa, no fundo do quintal, concreto a concreto, cozinha a cozinha, banheiro a banheiro, enfim, bem diante dos teus olhos e você só percebe sua “presença hostil” quando procura um momento de sossego em meio ao dia conturbado que você teve...

É aí que surge a força maquiavélica do vizinho! Isso, ele mesmo, o vizinho!

Suportar “os chatos beta” ainda vai lá, mas agüentar diariamente o seu vizinho “chato alfa” pode ser uma tarefa para o Jack Bauer da série 24 horas! Se difícil é suportar um chato meio período, o que diria conviver com um chato full time?

Note bem, vizinho bom é vizinho de fazenda, de casa de campo, de bairro, enfim, menos de parede! O vizinho é um indivíduo que tem mais interesse em nós do que nós temos nele e geralmente ele absorve duas vidas em apenas um karma: a sua vida e a dele! Bastou uma discussão em um tom de voz mais agudo com a sua esposa ou mãe que o cara no outro dia já vem perguntar o que houve.

Preocupação? Não não, um sistema de absorção de assuntos alheios chamados fofoca!

Nunca discuta com a sua namorada após a labuta, você ta na tua casa e o vizinho ta na tua escuta!

Talvez este texto te abra a mente e feche o teu coração, mas reflita: O vizinho faz toda uma diferença na hora de adquirir um imóvel, e isso não é uma variável! Vizinho pra ser um bom vizinho precisa respeitar e seguir as leis do “quem chegou primeiro”. É justo e ponderável entender como funciona a vida, a rotina e a casa do cara que já tá lá há anos, sendo que você é apenas um novato que acabou de aparecer na área.

“Esse território já me pertence, vá marcar território urinando na privada da tua casa que é lugar pra consternado!”

O fato é que eu não quero interagir com o meu vizinho porque ele possui gostos amplamente divergentes aos meus: Tem três cachorros irritantes e barulhentos, torce pro time oposto ao meu, ouve pagode e deixa a televisão ligada até as duas da manhã em alto e bom tom...

Ademais, estaciona sua banheira móvel sempre com o pára-choque dentro da minha casa, atrapalhando a garagem.

Essas composições letais desenvolveriam uma arma nuclear para o Pentágono. Haja tanto mau gosto em uma matéria só! Além disso, tem uma empregada metida a soprano cantando Ivete Sangalo aos berros, todo o santo dia.

Eu imagino as injúrias e os pecados que eu cometi em outra vida para receber essas “dádivas” nessa vida!

O conceito do “bem morar” foi substituído pelo conceito do “vai cagar”. O respeito desce pelo ralo dos banhos demorados e sonorizados desse insolente, ou desce gradativamente pela torneira da pia que vive pingando com a panela cheia de água para dar um eco mais abrangente, e mais musical... Não tão menos irritante.

Esse cara não dorme? Será mesmo que cada indivíduo tem o chato que merece? Imagino então que do outro lado da parede do meu vizinho, more a encarnação do Saddam Husein, Alexandre o grande ou o fascista do Mussolini, sei lá, coisa boa que não é!

Entretanto, quando a paz é corrompida na solenidade do seu lar, resta praticar o intrépido e gostoso jogo do “toma lá da cá”. Também sei ser chato, vou pensar em algo irritante...

Com vizinhos, os contos da carochinha não possuem o slogan: e viveram felizes para sempre!

19 comentários:

  1. nova fã , se adivinhar ganha mais 200 pontos !3 de maio de 2010 12:34

    Muito boa Dé, ri muito...imagino o quanto esse teu vizinho tenha te inspirado a escrever...rs...
    Bom... a única saída é vc.fazer sua malas e vir comigo pro Pantanal ...que acha ??!! rs... humm, esqueci que vc. é da trupe dos descolados urbano total ...rs..... nao iria combinar com botas, chapéu e cavalos... rs.. é Dé.. o jeito é ficar amigo do vizinho e dar bastante maracujina pra ele sempre ficar calminho... calminho....rs....
    Abraços, sua nova fã...

    ResponderExcluir
  2. Nossa, perfeito. Acho que vou imprimir , e jogar sem querer do outro lado do muro da minha casa.Será que ele lerá e ...devolverá??
    De repente , vai que jogue este ,juntamente com um de próprio punho.Melhor deixar quieto...

    P.S. Tenho duas cadelas enormes e uma empregada que canta o dia inteiro... sorte que não fico lá...

    ResponderExcluir
  3. Caros leitores,

    Faço do andré as minhas palavras. Só que eu sou o vizinho mala....

    Hhahahahahahaha

    ResponderExcluir
  4. Queridos adoradores do meu blog,

    Me inspirei nos acontecimentos diários da minha vida para criar esse texto 100% verídico...

    Triste a vida social de quem tem um vizinho banal!

    Obrigado por visitarem sempre este espaço, ele é de vcs tb!

    ResponderExcluir
  5. HAHAHAHAHA....amei...eu moro em prédio, é pior são vários vizinhos.....vários cachorros latindo, eu tenho o meu, mas você já viu que ele é super bem educado, não late e não faz as necessidades dele dentro do prédio...prédio é ótimo, todo mundo sabe da sua vida e comenta com os outros, quando você troca de carro, quando você compra roupa nova, quando você troca de namorado, marido, seja lá o que for, literalmente tudo da sua vida é comentado no elevador, álias uma sugestão fazer um crônica sobre elevador...é cada absurdo, já encontrei até camisinha usada no meu uma vez (ECA)...mais é verdade.....

    Em relação a pessoas super bonder ou post it, muito bom, são insuportáveis, o pior é que elas nunca se tocam de que não estão agradando, por mais que nunca responda as msgs ou delete do orkut, msn...etc...elas não percebem....

    AMEI.....

    Bjos.....

    ResponderExcluir
  6. Ah VIZINHOS: ruim com eles, pior sem eles!!!
    Todos reclamam que seus vizinhos são isso ou aquilo, até eu mesma, já me peguei varias vezes reclamando dos meus, sejam do andar de baixo ou os do andar de cima, mas pense em ficar um mês fora do seu apartamento que você perceberá a falta, o barulho, a bagunça, as reclamações, enfim, tudo o que eles fazem e que te leva a loucura!!!
    Acho que vizinho já foi feito com essa fórmula, para te encher o saco todos os dias, mas vai ter um problema médico, uma luz queimada, ou até mesmo tenta esquecer as chaves dos portões do prédio, quem estará pronto pra te ajudar?? SEU VIZINHO!!!
    E pode ter certeza, quanto mais idoso, mais você irá reclamar, por que esse tipo é daqueles que quando você chega do mercado, vai puxar assunto para ver o que você comprou, vê lojas de entrega bate na sua casa para ver o que você comprou de novo, e assim por diante, sempre dando um jeito para entrar em nossas vidas sem permissão.
    Mas nós damos ou não essa tal liberdade??Com certeza SIM, por que seria muito fácil o seu vizinho MALA vir falar com você e você sair andando sem ao menos dar um Oi sequer!!!
    Por mais chato que o vizinho seja, você sempre troca um BOM DIA ou outro, e quando sai andando já sai falando mal.Mas é bom lembrar:Será que você também não é um vizinho MALA??
    Cada um tem sua opinião e seu ponto de vista, ou seja, você pode ser o MALA da história toda, o que anda de chinelo barulhento pela casa, o que varre o chão de madrugada, o que ouve música alta e não é pagode, o que assiste tv em alto e bom som, o que faz festas para poucos amigos que dura altas horas, o que assiste jogo e comemora com corneta e fogos,etc.
    Pois é, todos nós temos o nosso lado de vizinho CHATO, só que nunca olhamos para nós mesmos, afinal, falar do próximo é bem mais fácil!!!

    ResponderExcluir
  7. Continuação!!!

    Quem nunca falou do vizinho??Quem já não fez o seu comentário da vida alheia??Se o vizinho trocou de carro, de namorada, ou de aparelho de TV.Quem nunca foi na casa do vizinho saber uma fofoca do prédio??E o melhor, quem nunca foi em uma reunião de condôminos só para ver o barraco pegar fogo???Quem??Atirem a primeira pedra!!!

    ResponderExcluir
  8. ... Pessoal estressado... se não sabe conviver com as diferenças, bom pra vcs seria mesmo morar no mato...

    ResponderExcluir
  9. Já fui o vizinho Bart Simpson e já fui o vizinho Flanders....
    O lado malígno sempre chama mais a nossa atenção.... É legal bagunçar o coreto e pensar no que aquele vizinho mala está pensando...
    De qq forma, vizinho com cachorro é irritante!

    ResponderExcluir
  10. Adoreiiiiiiii p/ variar... rs
    Moro em prédio, portanto, mais vizinhos. Não é muito fácil conviver com todos os vizinhos, mas acredito que mesmo assim sou privilegiada. Os vizinhos do mesmo andar são todos amigos, estão sempre nas casas uns dos outros sem serem chatos. rs
    Mas a minha vizinha de cima, AFFFFFFF... Não posso respirar depois das 22:00 hs. Se eu respiro ela pula na minha cabeça. Engraçado que ela sempre acha que eu estou fazendo algo que atrapalha ela de madrugada, mesmo quando estou dormindo. Essa louca já me acordou diversas vezes pulando por causa do barulho alheio e eu que pago por isso. Acredito que um dia eu vá surtar quando ela resolver me acordar, vou fazer tanto barulho que é capaz dela chamar a polícia. Ninguém manda ela deduzir de onde vem o barulho vai ser bem merecido.
    Acredito que todos temos que nos respeitar, assim como deixo minha tv super baixa a noite espero que façam o mesmo.

    Bjokasss

    ResponderExcluir
  11. Depois da leitura dos comentários... rs

    A Marieta me lembrou de uma engraçada. Meu porteiro chega e pergunta se eu vendi o carro, disse que sim, ai ele pergunta se comprei outro (AHHHHH), tive que dizer que sim, também se eu não falasse nada ele iria ver de qualquer maneira depois.
    E a Bruna mais uma vez disse tudo. Quem nunca foi um vizinho mala que atire a primeira pedra!!!!
    Bjokasss

    ResponderExcluir
  12. Hahahahahaha....adorei Fabi....até qdo morre alguém da sua familia os porteiros são os primeiros a saber....nunca vi....e tb acho q a Bruna tem razão...todo mundo é mala....hahahahaha...com certeza existem pessoas do meu prédio que não gostam de mim....hahahaha..

    Bjos...

    ResponderExcluir
  13. felipe auricchio5 de maio de 2010 15:34

    bom..eu felizmente desconheco o nome de todos os vizinhos do meu predio...rs!
    a melhor maneira de nao ser incomodado e nao se envolver...se possivel for...

    ResponderExcluir
  14. Marieta esta certa também, as vezes você sabe as coisas que acontecem na sua casa pelos porteiros... hauahau
    Fe você se envolve sem querer... Quando você vê seu nome já esta na boca do povo, que por sinal as vezes você nunca viu na vida... rs

    Bjokass

    ResponderExcluir
  15. felipe auricchio5 de maio de 2010 16:25

    rs....e mesmo fabi..pode acontecer..mas no geral do dou bom dia...acho que so a zeladora sabe meu nome...rs!

    ResponderExcluir
  16. Felipe meus vizinhos só sabem meu nome pq eu moro no mesmo prédio desde pequenininha...hahahaha....por isso eles sabem tudo...acho q o caso da Fabi deve ser a mesma coisa, mora no mesmo prédio faz tempo...e felipe eles podem não saber quem vc é, mas com certeza falam de vc...aqui no meu prédio qdo não sabem o nome usam o número do apto ou o andar q a pessoa mora, como a Fabi disse, quando você menos espera seu nome já tá sendo falado...hahahaha....

    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Bruna, Fabi e Marieta, concordo em tudo!
    Eu ainda adoro falar alto no cel, hehe...
    Quer sossego? vá morar no Matogrosso!

    ResponderExcluir
  18. Nossa Corina, Matogrosso acho que eu não consigo ficar 2 dias morando lá......hahahaha...prefiro vizinhos chatos....é bom conviver com eles....hahahaha......

    Bjos..

    ResponderExcluir
  19. Marieta é verdade, eu moro no mesmo prédio desde pequena. Não tem como não saberem meu nome... rs... Mas deixem falar, quem é que não gosta de uma fofoquinha as vezes??? rs
    Bjokass

    ResponderExcluir