Crônicas

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Não era amor...

Não era amor, era:

- Uma mentira conivente. O imprevisível em conjunto. O querer estar junto. O “algo” indecente...


- A aceitação de algo inaceitável pelo desfrutável. Pela necessidade de não conversar. Por não ter o que falar. Por não ter que escutar...

Não era amor, era:

- O apetite. O limite. O desprendimento. O não comprometimento e a insatisfação de não dar satisfação...

Não era amor, eram:

- Duas desculpas. Duas hipocrisias. Duas assimetrias em uma simetria. Dois celulares desligados. Duas matérias plugadas. Dois desocupados em uma mesma ocupação, desejando mais de uma posição...

- Dois interessados. Dois egoístas. Dois narcisistas. Dois idealistas. Dois loucos. Dois insanos. Dois mundanos em um mundo insano, o mundo de dois mundanos...

Não era amor, era:

Pela mesma luz efusiva dum abajur. Pela falta de entender. Pela desnecessidade do “ter que saber”. Pela disponibilidade imperecível. Pelo inadmissível acessível e tangível... Pelo momento inesquecível...

Por não ter que arrumar, nem limpar. Por não ter que interpretar, nem parafrasear. Por não ter que consertar. Por não precisar ser. Por não precisar remanejar, só ligar. Por não precisar sentir o que não sente...

Não era amor, era:

Não precisar acompanhar, idolatrar, plagiar ou mimar. Precisar ver, deitar, grudar, suar e acordar. Não precisar apontar o dedo. Precisar entrelaçar os dedos. Não precisar debater, nem sofrer, nem dissolver, e sim: acender, aquecer, efervescer, convencer e amanhecer...

Não era amor, era:

Esquecer do horário e lembrar-se do itinerário. Pensar no “inimaginável” e se contentar com o imaginário. Comprometer-se com o instante. Não prometer promessas. Comparecer sem conhecer... Compreender.

Não era amor, era:

Uma opção. Uma prioridade. Uma vaga e mera casualidade, dualidade... Falta de pluralidade. Entre quatro paredes: Afinidade e elasticidade!

Não era amor, era:

Contingente. Abrangente. Irreverente. Independente. Negligente. Imprudente... E muito mais que isso: era correspondente!

Não era amor, era melhor, melhor que o amor!

32 comentários:

  1. Não era amor, era melhor, melhor que o amor,
    era/é CUMPLICIDADE!!!!
    amei....bjs

    ResponderExcluir
  2. Se não era amor, por que tanto louvor?
    Se não era amor, por que tanto amor?
    Se não era amor, por que a falta de pudor?

    Se é amor, que seja verdadeiro. Se não é amor, que seja sempre ilusório!

    Adorei! Me imaginei nessa história.... sem ter um namorado, sem ter um amante.......

    ResponderExcluir
  3. Nada como a paixão!! Coração na boca, boca seca, suar frio, "borboletas na barriga", vontade de ver, entre outras mil vontades. Diferente do amor, que é tranquilo, calmo, cheio de rotina, cobranças e muitas vezes chato.
    Pq não podemos ter os dois??? As pessoas deveriam tentar ao menos fazer a paixão durar mais tempo. Muitos nem querem tentar. O que acontece é que todos nós queremos isso. Quando não é possível ter os dois com a mesma pessoa, a pessoa procura fora do relacionamento. O amorzinho calmo, e a loucura, ou seja, se não é possível ter isso com a mesma pessoa, que eu tenha com duas.
    Espero que as pessoas comecem a dar um chega pra lá na rotina e que sejam loucos para sempre!!!!

    Bjokasssss

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Ingênuo, voraz, individualista, tenro e suave...

    Encontrei esse teu texto no google, adorei.

    Me fez refletir nessa história tão cheia de comprometimento com a infidelidade.

    Passarei aqui mais vezes...

    bjs

    Roberta

    ResponderExcluir
  7. ex nova fã ...rs..18 de maio de 2010 10:29

    Muito bom, falou tudo !
    PAIXÃO, PAIXÃO ,PAIXÃO !!!
    Paixão é isso!
    Poderia falar várias coisas, mas sempre que vc. escreve sobre assuntos mais sérios... eu fico meio que sem palavras, prefiro refletir sobre o assunto e guardar pra mim ! De qualquer forma, vc. foi ótimo com todo o contexto.
    Abraços Dé. Se cuida...

    ResponderExcluir
  8. Concordo com a "misteriosa" nova fã, risos....
    Paixão é tudo, mas prefiro mesclar a paixão com o amor, como a Fabi esboçou bem...

    Quero uma paixão pra vida toda, e um aamor tb!

    ResponderExcluir
  9. Nada do que foi dito aqui é inédito, mas o André consegue dar um novo dinamismo à assuntos corriqueiros...

    Quem nunca aqui vivenciou suas sábias palavras?

    ResponderExcluir
  10. Amei como sempre....

    Concordo com a Corina, com a Fabi e com a Van (nova fã)...viram meninas as vezes discordamos, mas as vezes concordamos....hahahahaha...

    O importante em um relacionamento é não deixar cair na rotina, senão enjooa e não dá certo...álias tudo na vida que cai na rotina fica chato....

    Também concordei com Sei lá....

    Bjos...

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. " Sei lá " qta sabedoria nas suas palavras.
    André se supera a cada dia, deixando-nos ansiosas pela " próxima".Parabéns amigo.

    ResponderExcluir
  13. É só o amor, é só o amor
    Que conhece o que é verdade
    O amor é bom, não quer o mal
    Não sente inveja
    Ou se envaidece...

    O amor é o fogo
    Que arde sem se ver
    É ferida que dói
    E não se sente
    É um contentamento
    Descontente
    É dor que desatina sem doer...

    É um não querer
    Mais que bem querer
    É solitário andar
    Por entre a gente
    É um não contentar-se
    De contente
    É cuidar que se ganha
    Em se perder...

    É um estar-se preso
    Por vontade
    É servir a quem vence
    O vencedor
    É um ter com quem nos mata
    A lealdade
    Tão contrário a si
    É o mesmo amor...

    Estou acordado
    E todos dormem, todos dormem
    Todos dormem
    Agora vejo em parte
    Mas então veremos face a face
    É só o amor, é só o amor
    Que conhece o que é verdade...
    ************************************

    Há quem prefira viver de paixão... eu fico com o amor ...
    Abraços pra todos e todas vcs. meninas !
    Déeeeeeeeeeee ....saudadiiiiiiiiiiiiiii......

    ResponderExcluir
  14. ....Bem... nada è melhor que uma paixao , nova ,antiga ,paixao queima, paixao è loucura ,è delìrio de querer ,de sentir de estar .
    Quando existe ,ela balança, extremece à gente,faz perder os sentidos.
    A paixao è aquela vontade incontrolàvel de estar junto ,escutar um sussurro no ouvido ,um suspiro de satisfaçao,de sentir pele na pele bem grudadinho, de se amar,suar ,ter plazer de querer mais y mais y mais........

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Difícil achar palavras para um texto tão vislumbrante e bígamo como este. Difícil pensar em algum comentário em meio à tantos inteligentes...
    Só sei que foi a descrição de infidelidade mais eloquente que já lí por aí....

    Discretamente indiscreto!

    O poeta

    ResponderExcluir
  17. felipe auricchio19 de maio de 2010 18:16

    tem gente que ta fazendo poesia das cronicas...
    fico perplexo com o talento de algumas pessoas pra escrever...e a inspiracao tb...
    bom o texto...

    ResponderExcluir
  18. ... Não era amor, era:

    - Uma mentira conivente. O imprevisível em conjunto. O querer estar junto. O “algo” indecente...
    Muito bem pensado massss... com toda sinceridade ? deu até medo de ler o resto :( BEIJO ;)

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Ótima leitura.é tão bom acordar pela manhã, e já ler uma coisa tão boa, ler algo relacionado com amor, sem ser necessariamente o amor!!!
    Não era amor, era cumplicidade, amizade, relacionamento, troca de sentimentos, e tudo mais já citado!!!
    Nem sempre precisamos amar, mas podemos nos sentir amados, ou podemos ainda, fazer uma troca de sentimentos!!!
    Quem, algum dia já amou de verdade??Quem sabe o que é o AMOR de verdade, se não podemos vê-lo, nem tocá-lo??
    Se amor é o sentimento que você sente ao próximo, eu acho muito pouco.Afinal você sente um carinho pelo irmão, uma admiração pelos pais, uma sinceridade com/do amigo, o coração bate mais forte ao ver aquele seu primeiro namoradinho, ou pelo seu atual namorado. Mas podemos juntar tudo isso e sentir por uma unica pessoa, e o nome disso?? Chamam de amor, paixão!!Encontro de almas!!!
    Mas eu prefiro chamar de cumplicidade, afinidade, o seu novo MELHOR AMIGO.Aquele que você poderá ligar as 04:00 da manhã desejando BOA NOITE, sabendo que ele acordará às 05:15 e te desejará um BOM DIA!!!E ele não se importará se você acordou ele ou não, mas ficará feliz ao ouvir a sua voz logo cedo!!
    Vai ser seu novo companheiro, aquele que te levará para jantar, mas na verdade você queria um cinema, mas não se importará também, pois é a companhia que importa!!!
    Será seu novo confidente, aquele que você contará TUDO e este sempre estará te apoiando, mesmo ele achando que você está errada.
    Será seu novo HUMORISTA, pois ao lado dele você dará boas risadas quando ele contar piadas, mesmo que estas sejam bobas, e nulas!!!
    Será seu novo ADMIRADOR, pois mandará flores no seu aniversário, datas comemorativas de ambos, sempre acompanhadas de um bilhe ass. SEU ETERNO ADMIRADOR!!
    Será sua felicidade, pois sempre acordará com um sorriso a mais no rosto!!!
    Será seu NERVOSISMO, pois sempre sentirá aquele ciúme (gostoso??) de sentir!!!
    Será seu PORTO SEGURO, pois precisará dos braços deles a qualquer momento!!!
    Será seu ANJO DA GUARDA, pois te guiará por um longo período.
    Será seu AMANTE, seu CASO, seu AFFAIR, sua PAQUERA, seu PEGUETE, seu PAR, seu NUMERO, todos os adjetivos que ele possa ser!!
    Será o seu LADO COMPORTADO, quando você perder o controle!!
    Será o LOUCO, quando você estiver COMPORTADA!!
    Será seu OPOSTO, em algumas decisões.
    Mas também será seu IGUAL, em outras decisões!!!
    Enfim, será seu tudo e mais um pouco!!!
    Mas cuidado para este não ser a SUA VIDA!!!depois de perdida difícil de recuperar!!!

    ResponderExcluir
  22. Uauuuuuuuuuuuuu!!!!
    O amor não há de ir embora....cada palavra importa...só com uma resposta...
    " Eu peço somente o que eu puder dar"....Bem melhor que o amor!!!!!!!

    ResponderExcluir
  23. Ótima leitura!!!

    Faz pensar em muitas situações...

    Parabéns

    ResponderExcluir
  24. Fui indicada a visitar o teu blog e me encantei pelas palavras encontradas aqui...

    Continue assim...

    ResponderExcluir
  25. Bruna simplesmente ameiiiiii o que você escreveu. Acho que é isso que todas (os?) nós procuramos. E o que é mais difícil de encontrar.

    Bjokassss

    ResponderExcluir
  26. É esses perfis ogro e o fofo se comportam de maneira distinta quando se tem intimidade. E confesso que esta tal intimidade que normalmente me atrapalha bastante confesso.Para deixar algo bem explicativo e visual, farei uma divisão por cada um. Vamos lá:

    Bom, tudo vai depender do perfil do cara e intimidade. Só que um ponto importante aqui é agir com naturalidade. Aliás, para quase todas as situações. Não tem nada mais brochante do que sair com uma garota e perceber que ela está fazendo um papelzinho (seja de descolada ou de falsa santa). Isso só mostra que falta personalidade e sobra vento dentro da cabecinha.

    Ogro, sem intimidade – Para esse cara aqui todas as mulheres são um buraco até que se prove o contrário. Ele te vê de forma bem prática, “vai satisfazer minha vontade”. Depois de gozar vai querer que você se torne uma pizza ou fique quieta. Não gostam de muita interação pós-sexo com desconhecidas. Isso não quer dizer que ele te tratará mal, mas simplesmente não vai te tratar tão bem assim. Será indiferente. Vai parecer até que ele não curtiu, o que não necessariamente corresponde a verdade. É que o ogro não costuma externar os seus sentimentos.

    E o que fazer?

    Sem querer bancar a amiga. Não precisa puxar assunto por puxar, só para não ficar no clima de velório. No máximo fale algo aleatório e sinta se ele dá continuidade no papo ou solta apenas um “Uhum”. Ele não vai ficar incomodado com o silêncio e sim se você começar a falar um monte de groselhice. Não é necessário convidá-lo para tomar banho contigo, é só deixar a porta do banheiro aberta que se ele tiver vontade, vai invadir o box.Elogios apenas se forem sinceros. Ai sim serão muito bem recebidos. O ogro por mais bruto que seja, quer manter o seu ego de macho inflado e um elogio cumpre o papel.

    Fofo, sem intimidade – Para o fofo toda mulher é única e especial. Trata todas bem e às vezes peca pelo excesso de atenção. Se preocupa com o seu bem-estar e prazer. Depois de gozar vai querer pedir uma pizza ou bater papo com você. Eles precisam de interação pós-sexo, pois sabem que a maioria das mulheres não suporta o silêncio fúnebre. Isso não quer dizer que ele achou a noite o máximo, mas ele não quer que você perceba caso ela tenha sido ruim. Porém, se ela foi boa, ele será bem explícito e falará que você é o máximo, que foi bom, etc.

    E o que fazer?

    Converse com ele. Pode ser para falar sobre a próxima saída, para dizer como aquela cama é gostosa, que o tempo está maluco, enfim qualquer assunto aleatório. O fofo vai dar sequência em qualquer um deles e prefere falar sobre a chuva que está chegando a ficar mudo. Se você quiser tomar banho com ele, um convite direto pode soar um pouco invasivo. Os fofos muitas vezes são tímidos e não se sentem a vontade tomando banho como meninão molenga ao lado de uma mulher que não tem intimidade. Se quer um momento de proximidade, ele vai adorar dar uma cochilada de conchinha e ou que você faça uma massagem nas costas dele.

    ResponderExcluir
  27. Elogios são fundamentais, mesmo que não sejam do fundo do seu coração. O fofo precisa de estímulo e sentir que conseguiu agradar em algum ponto a garota. Se pra você foi bacana, mas não foi fantástico, faça um elogio superficial. Já vale.

    Ogro com intimidade – Por mais ogro que um cara seja, uma vez que tomou a flechada do cupido e começou a namorar, aquela garota que ele escolheu se torna especial e toda aquela frieza inicial se reduz, mas ainda assim evita determinados assuntos. Por exemplo, planos de longo prazo (“vamos comprar um apartamento, casar, ter filho, fazer aquela viagem, etc”). Não quer dizer que ele não tenha objetivos a longo prazo com você, mas sabe que após uma boa noite de sexo, mulher faz plano até de ir morar em uma palafita no meio do mangue.

    E o que fazer?

    Massagem (e aqui fica a dica para o K-Y 2 em 1, que também é serve como óleo de massagem) é uma boa. Não sabe fazer? Aprenda. Dificilmente um cara (sendo ogro ou não) quando rola intimidade não gosta de uma massagenzinha caprichada nas costas. E dependendo de como for a intensidade, o ogro até se anima em dar mais uma. Ogros não são muito afeitos a conchinhas. Eles podem até iniciá-la porque você gosta, mas em 5 minutos já estão do outro lado da cama todo esparramado e quase te jogando para fora.

    Fofo com intimidade – O fofo com intimidade é uma doçura só. Depois do sexo vai querer fazer comidinha pra você, te trará iogurte e pãozinho na cama. Te alimentará com comida e sonhos de longo prazo. Se depender dele, sai dali direto para a agência de viagens. Gostam de fazer massagem também e tudo aquilo para que você se sinta confortável e bem.

    E o que fazer?

    Massagem é uma das coisas que é aplicável aos dois perfis, ogro e fofo. Quando se tem intimidade, é uma das melhores opções para quebrar a rotina e recuperar o esforço físico. Porém, o fofo muitas vezes vai dormir com a massagem ao invés de se animar. Adoram dormir de conchinha.

    Uma coisa é bem certa isso aqui não é uma ciência exata, é óbvio que haverá homens que fogem dos grupos e outros que possuem características presentes em ambos, mas se eu for tratar exceções, eu terei que escrever um tratado sobre os homens.

    Ai confesso ser complexo demais.Pois ninguém Homens ainda não vêem com manual de instrução, o que é uma pena! Risos

    Amei Déeeeeee , Fantásticamente como você falou de forma sábia esses dois perfis, teroricamente tão diferentes ou não sei lá??? Depende muito da visão de cada um!!!

    Parabéns, adorooo vc! Grande beijo!

    ResponderExcluir
  28. Nossa como escrever um comentário diante de tantos comentários sensatos, eloquentes, concordantes e tb discordantes,o que interessa é que todós nós queremos um amor e uma paixão, um ogro e um fofo, e com certeza o que espero de tudo isso junto é exatamente o que a bruna disse: " Afinal você sente um carinho pelo irmão, uma admiração pelos pais, uma sinceridade com/do amigo, o coração bate mais forte ao ver aquele seu primeiro namoradinho, ou pelo seu atual namorado. Mas podemos juntar tudo isso e sentir por uma unica pessoa, e o nome disso?? Chamam de amor, paixão!!Encontro de almas!!!
    Mas eu prefiro chamar de cumplicidade, afinidade, o seu novo MELHOR AMIGO.Aquele que você poderá ligar as 04:00 da manhã desejando BOA NOITE, sabendo que ele acordará às 05:15 e te desejará um BOM DIA!!!E ele não se importará se você acordou ele ou não, mas ficará feliz ao ouvir a sua voz logo cedo!!
    Vai ser seu novo companheiro, aquele que te levará para jantar, mas na verdade você queria um cinema, mas não se importará também, pois é a companhia que importa!!!
    Será seu novo confidente, aquele que você contará TUDO e este sempre estará te apoiando, mesmo ele achando que você está errada."
    E sabem o que significa tudo isso????
    ENCONTRO DE ALMAS GÊMEAS...

    ResponderExcluir
  29. Nossa, André!

    Que susto você me deu! Toda vez que eu lia "não era amor", pensava: "Se não é amor, é o que então?"

    Adorei! Denso, forte, poético. Ideal (3)!

    Grande beijo para você!

    http://omundoparachamardemeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Uau... haja intensidade... de repente alguma coisa dentro do peito explode... dificil de conter... e quem segura essa pena???

    Ninguém!!! Menino... poeta... intenso e entregue ...
    Suas palavras fluem...invadem e simplesmente tomam o leitor por completo... o que posso dizer??? Nada... simplesmente aplaudir esse mocinho que é um espetaculo!!!

    beijo grande.

    ResponderExcluir