Crônicas

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Apetites embotados


A ociosidade da ansiedade embota o ânimo. Exemplos invadem meus dedos que disparam as teclas das quais vocês recebem, digamos, de uma forma meio tóxica e nada poética. As toxinas fazem parte de qualquer configuração emocional. Os robôs do futuro estarão imunes a isso?

A ansiedade é a progenitora da ociosidade? Acho que sim, mas ainda sim possui uma relatividade ímpar, veja:

Esperar um farol abrir num sábado ensolarado indo ao parque do Ibirapuera não possui a mesma sensação que comer um Petit Gateau, mas também não te tira da sua zona de conforto, o farol vai abrir rapidamente e você seguirá o rumo que escolheu traçar no sábado.

Porém, entretanto, mas, quase tanto...

Esperar o farol da Av. Bandeirantes abrir numa segunda feira chuvosa e você mega atrasado é tão ardiloso quanto passar o Réveillon na serra. Um porre!

Abrimos nossa caixa de emails 20, 30 vezes por dia. Spams sobram, piadinhas e correntes então, mas e o bendito email que você tanto aguarda? Nada!

Apressar o tempo é perder tempo. Ganhar tempo é balancear suas expectativas. Escrever é fácil, dosar o apetite é que é o mais difícil!

Sua vontade nunca superou sua capacidade em realizar algo?

Não existe neutralidade para o ócio. Ele parece zombar da nossa cara frente a uma situação adversa. Bom seria se nossas emoções viessem dentro de frascos elaborados em farmácias de manipulação. Quer amar? Pegue uma receita a base de glicose e mel e visite a manipulação. Não quer se envolver? Transcreva algo com altas doses de racionalidade e pronto! Perfeito não?

Automedicação para a emoção é o fim da comoção!

Isso já nem me desanima mais, uma vez que não verei esse avanço científico nessa vida, o fato é que as emoções sentidas não são sentidas solitariamente, existe um complô, uma conspiração!

Acho que vou até uma farmácia de manipulação e ver se já tem algo relacionado à “Competência em inapetência”. Seria interessante controlar meus apetites, minhas vontades e meus desejos também, me expor menos, me impor mais...... Existe anorexia no amor? Não? Que pena!

Já que não existe anorexia no amor, talvez pudéssemos desenvolver um tipo mais avançado de bulimia, seria o fim dos nossos problemas e o fim dos terapeutas também!

Enquanto pensava no desfecho desse texto, fui pesquisar na Internet alguma simpatia para curar a ansiedade. Resultado: Not found!

Querendo ou não, assim como muita coisa que carrego comigo num pacote de “qualidades e defeitos de fábrica”, vou ter que conviver com essa sensação difusa e inexplicável chamada de ansiedade, mesmo assim, eu ainda repenso e reavalio minhas condições nesse ecossistema...

Pensando bem, eu acho que eu não sou tão ansioso assim, o mundo é que vive em “slow motion”...

Ou você vai me dizer que espera numa boa a espuma da Coca-Cola descer pra você encher o copo?

18 comentários:

  1. nao existem emoções na farmacia de manipulacao..mas existem anestesicos pra ela..
    que tal un anti ansiolitico? rs...

    ResponderExcluir
  2. A vida nos dias de hj, é repleta de cobranças: no trabalho, na família e nas relações sociais. A cada dia estamos mais cheios de tarefas."O homem que sofre antes de ser necessário, sofre mais do que necessário" .Todos nós, diariamente, nos fazemos esta pergunta. Conhecer a si mesmo é a base de tudo, a preparação para qualquer relacionamento, pessoal ou profissional em nossas vidas.
    A ansiedade vem se configurando como um dos grandes problemas de nossos tempos. Vida agitada, pressão e stress somam-se gerando esta doença que tanto prejudica a qualidade de nossas vidas. A busca do equilibrio é diária e não podemos nunca desistir. EU NÃO VOU DESISTIR E VC? BJOS, LI*

    ResponderExcluir
  3. Vejo que não sou só eu e o escritor que sofre dessa praga!

    ResponderExcluir
  4. A humanidade é ansiosa!

    A diferença é que muitos equalizam esse sofrimento e libriano, nossa, querido escritor e como disse a amiga aí em cima..... Ansiedade master!

    Adorei o texto, sempre com formas diferentes de ver o óbvio!

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Praticamente sou uma ansiosa nata.

    Aguardo dias, aguardo respostas como se elas fossem pra ontem, agora, já!

    Mas o importante desta vida, e o principal de tudo: PACIÊNCIA.

    Aprendemos que é o segredo de se viver melhor

    Beijos Dé.

    ResponderExcluir
  6. Levantaram bem a questão: Paciência!

    Ela não falta só para os ansiosos viu?

    Hj em dia ter paciência é uma qualidade única.

    Tb, com tanta merda que acontece aqui né?

    ResponderExcluir
  7. A do farol foi perfeita!

    Adoroooooooooooooo seus textos....... Assuntos óbvios porém escritos de uma forma diferente.

    Acho que falta sim paciência pra todos nós, dado o volume de coisas que temos que realizar no dia a dia.

    ResponderExcluir
  8. O mundo é que é devagar!

    Odeio velho no trânsito, deveria ser proibido carta pra velho.....

    Falou!

    ResponderExcluir
  9. ...No momento...me encontro ansiosa, tem um remédio pra isso?? rsrsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Se fosse só paciência que faltasse na humanidade né querido?

    besos pra ti!

    ResponderExcluir
  11. Eu até espero a espuma da Coca Cola descer, mas que é um saco isso é!

    Adorei!

    ResponderExcluir
  12. OBS: As pessoas são apressadas não por falta de paciência, por excesso de egoísmo mesmo!

    bjs a todos

    ResponderExcluir
  13. Hahahahahaha...
    "Ansioso eu??? O mundo é q é lerdooo!" Rsrsrs... Adoro!
    Paciência é o maior e mais difícil treino q tenho praticado nos últimos anos... Mas acho q até q tô me saindo bem! Rs...
    Sobre algo pra ajudar a controlar a ansiedade, tenho uma coisa q pode ajudar: NRG da Herbalife! Hahahaha... O melhor é q é verdade, é um energético q melhora nossa disposição e controla a ansiedade. Tudo de bom!!!
    Precisando, é dizer! Rsrsrs...
    Beijooo

    ResponderExcluir
  14. Como eu mesma disse outro dia: "O que adianta ser impaciente, se vou ter que esperar para ver mesmo?"
    Esperar nunca é legal, mas não temos outra opção!
    Digo que esperar para ver, as vezes, é a melhor coisa que pode te acontecer.

    Estou numa fase que esperei para ver onde esse novo rumo me levaria... Confesso que está tudo ótimo até agora!

    De uma pessoa impaciente para outra... esperar para ver, vale o risco! Ou melhor, a paciência!

    ResponderExcluir
  15. Se você se aflige com qualquer coisa externa, o sofrimento não é causado pela coisa em si, mas por sua própria avaliação a respeito; e isso você tem o poder de revogar a qualquer momento.
    A ansiedade existe , muito e em grande número de indivíduos, mas temos o poder de melhorar nosso desempenho,com empenho.É só trabalharmos nisto.
    Falo por experiência própria , era um poço de ansiedade e hoje consigo lidar com ela de uma forma muito tranquila.( as vezes dou uma vacilada , mas retomo rapidinho)

    ResponderExcluir
  16. Ai Cecília, me empresta essa fórmula por favor?

    ResponderExcluir
  17. Ah!!! Corina... viva... viva bastante... passe por váaaaarias situações boas e más...enfrente muitos momentos de tristeza e alegria ... só assim você consegue filtrar o que é melhor , o que é realmente importante ... e o que merece te deixar ansiosa.Essa é a grande vantagem ( acho que a única) da idade.Beijos

    ResponderExcluir