Crônicas

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Beleza qualificada

A beleza que enxergo é insana e se concentra logo abaixo da epiderme, infiltrada em uma veia escondida; quando ativada emite vibrações que percorrem lucidamente cada poro desse corpo balzaquiano de trinta e poucos anos...

Insanidade é palpável sim e não vive somente na ponta da língua!

Ela vive nas nuvens onde se formulam rostos. Ela sobrevive nos contos negativos do mês de agosto. Ela mora entre a certeza e o suposto. Ela saboreia o teu gosto e sorri diante do teu desgosto.

Minha beleza é longitudinal e empírica, vive há poucos milhares de centímetros da minha pia, do meu armário e do portão da minha casa. Vive a exatos segundos de uma mensagem de texto ou das teclas do meu Iphone.

Minha beleza é bonita, porém, muito mais interessante que a própria face visual de quem a vê... Vale muito mais a beleza do interesse que o interesse pela beleza. Ela prefere o anonimato da certeza que a publicidade da inveja.

Minha beleza é exibicionista, mas não é metida, possui um grau equivalente ao amor que sinto. Afinal de contas, o amor é exibicionista, sempre queremos ser mais do que somos e sempre nos dedicamos mais que o normal. Fazemos coisas que até a nossa progenitora duvida!

Não existe só confiança. Existe fé!

Minha beleza, digo, a beleza que contemplo, não é caracterizada pela inércia, muito pelo contrário, existe algo de surpreendente e enigmático do qual ainda não descobri o motivo da minha sensibilidade e do meu apreço. É uma beleza que a cada dia mostra uma faceta diferente e eu nunca sei o que está por vir...

Inconstante!

Minha beleza é uma insaciável pergunta.

6 comentários:

  1. Uauuuuu André....

    Qta beleza neste texto.

    bjks

    ResponderExcluir
  2. Minha beleza também é linda, e sempre me atende quando eu chamo...

    Ótimo andré.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. A beleza é sempre linda pois senão não seria beleza. A minha, a sua , a nossa... como é ampla , como é específica, como é especial , e como é tão própria.Como é sábia a natureza ao fazê- la tão difusa e tão ao gosto de todos.

    ResponderExcluir
  4. A beleza só é bela para os olhos de quem a contempla, por isso o belo para mim pode ser feio para vc.

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  5. felipe auricchio18 de maio de 2012 12:51

    i could be wrong...i could be right....rs! tudo que envolve a mente humana e relativo...

    ResponderExcluir
  6. perfeito......mas blz é mto relativo......acho q a maior blz que as pessoas possuem é a honestidade, sinceridade e humildade....acho q isso supera qualquer blz alheia.... abraço e mandou mto bem Andrézão

    ResponderExcluir