Crônicas

terça-feira, 29 de novembro de 2011

O passo do primeiro passo

O esforço começou timidamente, como se fosse o primeiro discurso de um palestrante...

Mas começou, de qualquer forma ele começou...

Talvez pela ótica de quem julga, uma atitude “minimalisticamente pequena”, mas para ele, uma imensa atitude executada em silêncio, sofrida e angustiante, o passo do primeiro passo.

As mudanças geram desconforto, mas propiciam ajustes que se fosse pela inércia, jamais seriam notadas.

Mudar é agachar sobre a idade. É ludibriar a teimosia das tuas convicções enraizadas desde as primeiras topadas da tua vida. Sinalizá-las no momento certo é ir à frente no tempo e dar uma volta e meia a mais que qualquer mortal nessa corrida incessante chamada de vida.

A única controvérsia em mudar é ser convencido por você mesmo que mudar é um caminho longo e sem perspectivas. Os seres humanos se convencionaram a acreditar no protocolo que diz “quem ama não modifica, aceita do jeito que é”.

Nós somos a dúvida e a salvação!

O adversário mais ferrenho e mais competitivo da nossa vida somos nós mesmos. Lutar contra a própria vontade é a mais viril e cruel das batalhas...

Se perdemos continuamos com nossas convicções, se vencemos abrimos um alçapão de oportunidades; nos reciclamos.

Reciclar é aceitar, não é inovar! Inovar é produzir o Ipad 8, o Iphone 10GS ou uma barra de diamante negro com as mesmas calorias de uma folha de rúcula.

Reciclar é ir além das tuas ambições, dos teus anseios e da sua benevolência.

Reciclar é se tornar um super humano, por isso não é nada fácil!

Entretanto, acima de qualquer força vertiginosa, acima de qualquer adversário ou acima de qualquer super humano, existe o amor.

Quem ama tem a energia depositada em cada gota de suor ofertada pelo esforço. Quem ama se tele transporta e vai além...

... Além das tuas ambições, dos teus anseios e da tua benevolência.

O amor, assim como qualquer início ou recomeço é como as mudanças: ocorrem em um silêncio digno e incessante. Quando você menos sentir, já estará sentindo o amor.

Mudar sempre, desde que o crescimento seja a meta e que essa meta esteja na platéia, aplaudindo o teu esforço e a tua glória, afinal de contas, para todo motivo existe uma mudança e para toda mudança existe uma motivação.

7 comentários:

  1. Me ajudou e muito ler o seu texto....

    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Amei.... minha cara. rs

    Parabéns!

    Ju

    ResponderExcluir
  3. PERFEITOOOOOOOOOOOO!

    Bjks gato!

    ResponderExcluir
  4. O único e verdadeiro sentimento que deve ser realmente respeitado é o amor. Com amor a gente cria tudo. Por amor a gente respira. Pelo amor a gente sofre. Deus é muito sábio em nos dizer que somente pelo amor chegaremos a Ele. O amor move tudo nessa vida. O amor transforma o ser humano: seja para melhor; seja para pior.

    ResponderExcluir
  5. Afiado como sempreeeeeee!

    ResponderExcluir
  6. Vejo que continua escrevendo bem hein?

    besos

    ResponderExcluir